CÃES & GATOS

Como a adoção mudou a minha vida

Michelle Guntzel

Começo falando que quando era mais nova, sempre tivemos muuuitos animais em casa. Meu pai sempre questionava o fato de matarmos uma formiga, se aquilo que estavámos fazendo mudaria algo pra nos mesmas. De certa forma procuro passar isso hoje para minhas filhas.

...eu estava decidida a não ter mais gatos em casa. Mas ela veio com aquele gatinho tão pequeno, chorando e não me achei no direito de tirar isso dela.

Temos a Matilda que é a cachorrinha mais velha da casa, adotamos ela de uma ninhada que os donos já estavam por por todos os outros irmãos dela fora, ficamos com ela e os outros também foram adotados.

O Leonardo, que é o gato amarelo da foto, é o gato mais velho, ele veio de presente pra minha filha mais velha dos dindos dela, no momento em que eu estava decidida a não ter mais gatos em casa, devido a tantos gatos perdidos onde moro por envenenamento. Mas ela veio com aquele gatinho tão pequeno, chorando e não me achei no direito de tirar isso dela já que ensino tanto a fazer o bem! Então ele já está com a gente há quase 5 anos!

Nunca comprei animal algum, e procuro ensinar a minhas filhas que ajudar os que precisam de nós é muito mais gostoso.

A Mima é a gatinha pintadinha como a Pietra chama, que está junto com a Matilda, elas são inseparáveis, dormem juntas, e dessa vez foi Matilda quem a adotou! Depois de terem roubado a nossa Tininha, a Pietra enlouquecida atravessou a rua na frente dos carros quando viu a Kitt em uma gaiola na pecuária ali no centro. Tive que trazer, né!!! Essa tem uma vida que só vendo!

E por último chegou a Felicia, que é a cachorrinha pintadinha. Os donos não a quiseram mais porque a bebê deles põe a mão e depois leva na boca! E daí??? Minhas filhas dormem com as gatas e ainda dividem sorvete na colher com a Matilda!! Ela fica comigo e será tão amada quanto os outros membros da família!

Nunca comprei animal algum, e procuro ensinar a minhas filhas que ajudar os que precisam de nós é muito mais gostoso, que se não vai nos fazer diferença, que seja uma formiga, por que não deixar os animais viverem? Deus nos deu a vida de forma igual e todos temos o direito de viver!

Creio que as crianças são o futuro sim, então por que não ensiná-las a amar e respeitar os animais também? Todos os animais que temos em casa nos fazem tão bem, alegram-nos de uma forma indescritível, todos deveriam experimentar!

Michelle Guntzel

EVENTOS DA APATA

Confira aqui os eventos que a Apata realiza para promover a conscientização sobre a proteção animal e arrecadar recursos.

APATA NA MÍDIA

Imprima este panfleto e coloque na caixa de correspondência daquele vizinho que pode estar cometendo maus tratos com seu animal.

VAKINHA DA APATA

Esclareça suas dúvidas sobre a Apata, nossa forma de atuação e outras questões relacionadas ao trabalho voluntário de proteção dos animais.